POLÍCIA CIVIL DE CAMPOS ALTO E ARAXÁ REALIZA OPERAÇÃO PARA PRENDER OS AUTORES DE HOMICÍDIO DA SENHORA ARMINDA SENHORIA, SÃO PRESOS PELO DELEGADO DE CAMPOS ALTOS.

 

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da 2ª Delegacia Regional de Policia Civil de Araxá, chefiada pelo Delegado Regional Dr. Vitor Hugo Heisler, desencadeou a operação que apurou e prenderam os 02 autores do homicídio que tirou a vida da senhora ARMINDA SENHORIA BORGES, de 37 anos, morta a golpes de facão e faca, de forma brutal, no dia 08 de março, justamente no dia em que se comemorou o Dia Internacional da Mulher deste ano de 2017.

De acordo com a Polícia Civil a vítima tinha 37 anos, e morava sozinha, foi encontrada morta na sala de sua residência, localizada na rua Almirante Barroso, no bairro Campo saltinho, na cidade de Campos Altos/MG.

 

A Polícia Militar compareceu no local e, depois, policiais civis da cidade isolaram o local até a chegada da Perícia Criminal da Policia Civil e IML de Araxá, que constataram ferimentos na região do pescoço e braço, ferimentos estes que chegaram ao ponto de quase decapitar a senhora, tamanha foi a violência dos autores.

 

 

Os investigadores Flávio José, Renata Aparecida e os escrivães Jean Carlos, Ângela Aparecida e Marina Guimarães, da Delegacia de Campos Altos, após intensos trabalhos de investigações, que foram coordenadas pelo Delegado Dr. Vinicius Ramalho, da delegacia de crimes contra a vida da 2ª Regional de Araxá, conseguiram colher indícios que apontaram os investigados UELDES SILVA ALMEIDA, de 19 anos, e o adolescente M.S.S, de 17 anos. Os mandados de prisão e de busca e apreensão de adolescente foram expedidos pela Vara Criminal de Campos Altos e foram cumpridos na tarde de terça-feira, 14, e madrugada de quarta-feira, 15, pelos policiais civis, com o auxílio de militares de Campos Altos.

 

 

 

Segundo o depoimento, os investigados confessaram que o motivo do crime seria uma dívida de R$ 35,00, que os indivíduos tinham com a vítima Arminda Senhoria, referente à compra de perfumaria e cosméticos adquiridos por eles, que a vítima constantemente estaria cobrando. Ainda segundo os investigados, por causa destas cobranças, na noite de terça-feira, 07 de março, por volta de 20h00, eles foram até a residência da vítima, onde a assassinaram a golpes de faca e facão. É importante destacar que o crime foi apurado em menos de uma semana, e investigações realizadas diuturnamente, inclusive no dia das prisões diligencias terminaram por volta das 04h00 da madrugada de quarta-feira, 15.

 

O investigado Ueldes Silva Almeida, se encontra preso no presídio de Carmo do Paranaíba/MG e o adolescente M.S.S apreendido no Cerad de Araxá. Eles vão responder pelo crime de homicídio qualificado e suas penas podem variar de 12 a 30 anos.

 

About The Author

Related posts