ACUSADO DE HOMICÍDIO OCORRIDO HÁ 17 ANOS É ABSOLVIDO POR LEGÍTIMA DEFESA EM UBERABA

 

Donizete de Oliveira era acusado de matar José Luiz Rodrigues, há cerca de 17 anos, em propriedade rural do município

Tribunal do Júri, presidido pelo juiz da 2ª Vara Criminal, Fabiano Garcia Veronez, se reuniu ontem para julgar o caso de Donizete de Oliveira, acusado de matar José Luiz Rodrigues, há cerca de 17 anos, em propriedade rural do município. Em menos de quatro horas de julgamento, os jurados entenderam que o réu havia agido em legítima defesa e o absolveram.

O crime teria ocorrido em 23 de janeiro de 2000, dentro da fazenda Jatobá, na zona rural de Uberaba. Consta no processo que José Luiz namorava uma das enteadas de Donizete. Certa vez, a vítima informou ao acusado que levaria a jovem, que era menor de idade à época, para morar com ele, o que teria desagradado Donizete na ocasião, pois José Luiz morava em um dormitório coletivo, o qual dividia com outros homens, também funcionários da fazenda.
No dia dos fatos, os dois fizeram uso de bebida alcoólica. Segundo a denúncia do Ministério Público, foi apurado que em determinado momento a vítima ficou agressiva e teria partido para cima do acusado com uma enxada. Donizete teria pego uma espingarda, que se encontrava pendurada em uma parede próxima, e disparou contra José Luiz.

De acordo com o defensor público Glauco de Oliveira Marciliano, a tese sustentada para o caso foi de legítima defesa e, alternativamente, a defesa também adotou a tese de homicídio privilegiado, em virtude da violenta emoção, seguida por injusta provocação da vítima. No entanto, os jurados acolheram a tese da legítima defesa e absolveram Donizete.

 

Fontre: JP

About The Author

Related posts