MELHOR CHUVA DE ESTRELAS CADENTES DO ANO PODERÁ SER VISTA NESTA MADRUGADA

O céu será invadido por estrelas cadentes na noite desta quarta (14) e madrugada de quinta (15). É quando acontece o pico da chuva de meteoros Geminídeos.

É a última grande chuva de meteoro do ano. Seu momento de maior visibilidade ocorre por volta das 2h de quinta-feira, como destaca Gustavo Rojas, astrônomo e professor da Ufscar, em seu programa o Céu da Semana.

No horário, poderão ser vistos cerca de 120 meteoros por hora. Número bem maior do que o das chuvas de meteoros anteriores, que alcançaram o pico de 20 a 100 estrelas cadentes por hora.

 

 

 

Esta é uma das únicas chuvas de meteoros que não surge de um cometa. Sua origem está no asteroide batizado ‘3200 Phaethon’ (Fáeton, filho de Hélios, o deus Sol na mitologia grega) –um cometa que perdeu seus elementos voláteis.

Quando era um cometa ativo, esse asteroide deixava uma trilha de detritos toda vez que se aproximava do Sol e, quando a Terra passa pelo caminho que ele percorreu, os rastros de seus destroços entram em combustão ao atravessar a atmosfera terrestre. Assim se formam as chuvas de meteoros, popularmente conhecidas como estrelas cadentes.

Quem estiver no Norte e no Nordeste do Brasil terá uma vista mais privilegiada do que aqueles que estiverem no Sudeste e no Sul.

E não precisa se preocupar. Os meteoros Geminídeos são do tamanho de um grão de feijão, chegam a alcançar a velocidade de 120 mil km/h em nossa atmosfera, mas não representam nenhum risco ao planeta Terra. Trata-se apenas de um lindo espetáculo espacial.

 

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *