::ACONTECEU VIROU NOTICIA:: PM REGISTRA MAIS UM HOMICÍDIO A MORADOR EM SITUAÇÃO DE RUA EM ARAXÁ

Um homem em situação de rua foi encontrado morto na cidade de Araxá, no Alto Paranaíba, segundo informações da Policia Civil o corpo de um homem de 30 a 40 anos e foi vítima de homicídio.

Nessa quarta-feira, 07 de fevereiro de 2018, por volta das 21hs10m, uma testemunha entrou em contato com a Polícia Militar, via 190, relatando que percebeu um mau cheiro muito forte proveniente de um lote vago, que fica próximo a seu estabelecimento comercial na Avenida Imbiara, bairro João Ribeiro, rapidamente uma guarnição policial se descolocou para o local. Após a guarnição policial chegar ao local informado, foi constatado que em um cômodo localizado no fundo do lote vago havia um corpo caído em cima de um colchão. Tratava-se de um homem do sexo masculino, com barbas e apresentava um corte na parte posterior do crânio.

Conforme acompanhamento da Imprensa Regional Araxá Noticias, já é a quarta morte violenta em Araxá nesse ano 2018, mais um suposto morador de rua que é assassinado. Foi acionado Instituto Médico Legal “IML” e também a perícia técnica da Polícia Civil de Araxá, através do perito criminal Thiago Oliveira da Polícia Civil, que recolheu um pedaço de madeira e o copo que estavam no local.

De acordo com a Polícia Militar o pau estava bem sujo de sangue. Ainda conforme informação não foi localizado nenhum documento da vítima, não sendo possível identificá-lo até o momento. Os trabalhos realizados no local foram acompanhados pelo Delegado Dr. Renato de Alcino Vieira, pelo investigador Estéfano e o auxiliar Heitor, constataram que o corpo encontrado no local teria sido vitima de um homicídio.

A PM afirmou que esse o corpo trata-se  de um morador de rua, com idade aparente entre 30 a 40 anos, barba grande, de cor morena, aproximadamente 1,70 m de altura, e que até o momento não foi identificado, pois não portava nenhum documento.

De acordo com as informações, o homem a princípio teria sido agredido com uma paulada na região da cabeça, não sendo possível ainda saber o dia exato desta agressão, o pedaço de pau que apresentava manchas de sangue, foi recolhido pela perícia. Segundo testemunhas, era frequente a presença de moradores de rua neste imóvel, mais que nas últimas horas não teriam presenciado nada de anormal.

 

A Polícia Civil está investigando o crime e conta com a ajuda da população na identificação da vítima, bem como do (s) autor (es) do crime através de denúncias que poderão ser feitas através do (34) 3662-5655.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *